Home Dicas e Dúvidas Como avaliar um imóvel? Conheça os principais detalhes a se atentar

Como avaliar um imóvel? Conheça os principais detalhes a se atentar

por Leonardo Ponso
AGN Imobiliária - Como avaliar um imóvel_ Conheça os principais detalhes a se atentar

Saiba como fazer uma avaliação justa e conseguir um bom negócio!

Você sabe como avaliar um imóvel? Pode ser que não seja um especialista na área e é totalmente compreensível se não souber muito bem como proceder, mas alguns cuidados básicos são essenciais para garantir uma boa compra.

Nem todos sabem que existe um dossiê técnico da ABNT para avaliação de bens. Nele, a Associação Brasileira de Normas Técnicas fala quais são as normas que estão envolvidas neste procedimento, de modo a fazer com que o serviço seja realizado de maneira padronizada e com qualidade.

Mesmo que você não entenda sobre tantos detalhes técnicos, é interessante ter alguns conhecimentos para o momento em que estiver acompanhando o profissional responsável pela avaliação, o que pode evitar prejuízos e problemas futuros.

Continue conosco para saber o que fazer!

Quem avalia um imóvel?

Antes de comentar sobre a avaliação propriamente dita, é importante que você saiba quem é o responsável por fazer o procedimento, que não deve ser realizado por qualquer pessoa.

A avaliação de um imóvel consiste em analisar todos os pontos possíveis, da infraestrutura às instalações elétricas e hidráulicas. Logo, o serviço só deve ser delegado a quem realmente entenda do assunto.

Portanto, os profissionais mais apropriados para tal são engenheiros civis, arquitetos, eletricistas (ou engenheiros elétricos) e profissionais de hidráulica (ou engenheiros hidráulicos), os quais poderão constatar até mesmo os pontos que nossos olhos não veem.

Além da avaliação infraestrutural, também é necessário entender sobre a região em que o imóvel se encontra, o que influencia diretamente na precificação e, portanto, em seu orçamento.

Neste caso, o corretor é o melhor profissional, já que tem conhecimento sobre as regiões da cidade e entende quais são as médias de preço praticadas, o que garante que o negócio seja estabelecido sobre bases firmes e justas.

Se não for possível dispor de todos esses profissionais, o ideal é ter pelo menos um engenheiro civil ou arquiteto, já que eles também entendem sobre hidráulica e elétrica e podem dar sua opinião a respeito dos sistemas daquele imóvel, além do corretor de imóveis por sua influência em relação aos preços.

É importante ressaltar que o engenheiro e o arquiteto estão aptos a elaborar e assinar o laudo de vistoria, documento com fotos e descrições sobre o local e que traz uma análise sobre as condições do imóvel, desde a qualidade da infraestrutura até a pintura e o estado das portas, por exemplo.

Veja também: Mudar de casa: como escolher um novo bairro?

Como avaliar um imóvel? Dicas práticas para te ajudar

Depois de entender quem deve te acompanhar nesta jornada, nós separamos alguns detalhes importantes a se analisar. Confira e não deixe nenhum passar despercebido!

– Procure por manchas d’água e infiltrações. Olhe para as paredes e veja se existe algum indício de infiltração de água, principalmente perto dos chuveiros e das torneiras. Embora não seja um defeito estrutural, o conserto pode demandar um bom dinheiro.

– Olhe dentro dos armários nas áreas úmidas. No banheiro, na cozinha e em quaisquer outros lugares em que haja instalações hidráulicas, olhe bem para a parte interna dos armários em busca de sinais de umidade, mofo ou bolor. Se encontrar, pode ser que haja alguma infiltração por ali.

– Veja se há grandes rachaduras na parede… Algumas rachaduras pequenas podem ser apenas na massa que foi aplicada sobre a parede e, por isso, não representam perigo. Porém, caso haja rachaduras com mais de 2 mm de profundidade, o ideal é contar com uma inspeção profunda, desempenhada por um especialista na área, para ver se a construção oferece segurança.

– … Mas também analise as rachaduras pequenas. Provavelmente, essas aconteceram porque a aplicação de massa não foi feita da maneira correta. Mesmo que não coloquem a segurança em risco, este pode ser um ponto que você precisará arrumar posteriormente, e se ela aparecer em algum local da casa, existe a chance de que apareça em todos os outros depois.

– Preste atenção no alinhamento do telhado. Quando se pensa em como avaliar um imóvel, nem tudo está do lado de dentro. Olhe para a forma como as telhas estão dispostas e veja se elas estão retas. Caso contrário, a estrutura pode ter sido colocada incorretamente ou estar com algum problema, o que pode demandar manutenções futuras.

– Veja se o teto não apresenta sinais de “flacidez”. Ainda na parte de cima, mas agora dentro da casa, observe se o teto está reto ou se ele parece estar “embarrigado”. Para ficar mais fácil de observar, fica a dica: pegue uma vela e acenda-a a na parte de dentro. As sombras mostrarão se existe alguma imperfeição naquele local!

– Confira as condições das calhas. Mesmo que pareçam estar em boas condições visualmente, é importante olhar por cima para ver se não há sinais de corrosão.

– Faça testes nas tomadas. Não dá para saber se elas funcionam apenas olhando! O ideal é testá-las com um carregador de celular ou algum outro item simples para ver se funcionam. Caso contrário, pode haver algum problema interno na fiação, cujo conserto nem sempre é tão simples.

– Observe as condições de iluminação e ventilação natural. Além de fazerem com que o ambiente seja agradável, a luz e o vento natural diminuem as chances de se deparar com mofo, bolor e aquele cheiro de casa fechada. Quanto mais janelas (e quanto maior for sua abertura), melhor!

Confira também: Casa ou apartamento? Descubra qual é a melhor opção para você

Aprendeu como avaliar imóvel? Então coloque em prática!

Ao seguir as nossas dicas de como avaliar uma casa (ou apartamento, nos casos em que se aplica), você deve perceber que é muito difícil encontrar a construção perfeita, pois ela deve trazer alguns problemas, mesmo que pequenos.

É relativamente normal que isso aconteça. O ruim é quando tais problemas aparecem depois de a compra ter sido concluída e sem que você soubesse disso, o que o teria feito pagar por algo que não condiz com a realidade.

Uma boa avaliação garante que você conheça as reais condições daquele imóvel e, então, consiga alguns descontos por eventuais problemas que ela possa ter. Analise e veja se o investimento vale a pena ou se é melhor procurar por outro imóvel.

Agora que você já sabe como avaliar um imóvel, pode colocar tudo em prática quando for comprar ou mesmo quando tiver o seu imóvel avaliado para venda depois de ter construído a casa dos seus sonhos em um terreno da AGN, sua imobiliária em Sinop. Lembre-se: conhecimento é poder!

Posts Relacionados

1 comentário

Como avaliar um terreno? Aprenda e faça um bom negócio! – Blog AGN 9 de maio de 2020 - 08:34

[…] Mercado Imobiliário […]

Responder

Deixe um comentário